7-7 o Canal de Montanha
 
O canal de socorro em montanha em PMR446, nasceu em janeiro de 2014, por iniciativa de um consórcio de grupos de resgate de Tenerife (Ilhas Canárias), durante um acidente que infelizmente custou a vida ao famoso triatleta de Trinadad, Victor Teni .
No dia do seu desaparecimento, numa zona remota da ilha de Tenerife, no sopé da montanha do Teide, e longe de qualquer rede telefónica e de quaisquer possibilidades técnicas, decidiu-se equipar cada voluntário participante na investigação, de um simples equipamento PMR446 banal, sintonizado no canal 7.
 
Diante das dificuldades em estabelecer a busca, e apesar da implantação de todas as organizações de socorro, o corpo de Victor Teni só foi encontrado três anos depois, em 2017.
Durante esses três anos, todos os finais de semana, grupos de resgate de voluntários e suas famílias reuniam-se em campo com walkie-talkies PMR446 no canal 7, com o tom (ctcss 7).
 
Foi, portanto, durante este evento que a iniciativa Canal 7-7 nasceu na Espanha. Fonte: http://www.canal77pmr.com
 
A iniciativa agora é acompanhada por diversas associações pelo mundo e a ideia ganhou espaço entre os praticantes de desportos de montanha.
 
O objectivo é que cada caminhante, e cada esquiador, esteja equipado com um walkie-talkie da Banda 446, para além do equipamento habitual.
 
Obviamente, é útil lembrar que o canal 7 não substitui outros meios, ou métodos, de comunicação em caso de emergência. No entanto, torna-se um meio adicional e de baixo custo, especialmente onde o telefone não capta rede, para se declarar em perigo ou em dificuldade e para informar os socorristas em tempo real sobre sua condição de vida ou sobrevivência.
 
Apenas um canal a ser lembrado para resgate na montanha em PMR446:
CANAL 7 (CTCSS 7) ou FREQUÊNCIA 446,08125 MHz (CTCSS 85,4 Hz).
 
Aqui estão as três razões principais para usar o canal 7-7:
1) Melhor coordenação dentro do mesmo grupo: - Durante uma caminhada, isto permite em particular a comunicação entre o primeiro e o último, o que evitará muita dispersão. Se necessário, você pode entrar em contato com o primeiro para obter ajuda. - Na escalada, permite a comunicação entre a primeira e a segunda corda, evitando possíveis confusões e acidentes. - Na descida de ravinas isto permite determinar quando está a corda livre.
2) fornecer ou receber ajuda de outros grupos de montanha que estão próximos. - Se precisar de ajuda urgente, estar no mesmo canal pode ajudar a obter ajuda de outros grupos que têm atividades perto de você.
3) Comunicação direta com os grupos de emergência: - Caso tenhamos solicitado a ajuda dos grupos de resgate pelos meios habituais, eles podem-nos contactar na sua abordagem ao local, ou mesmo ser orientados com mais precisão. Esta iniciativa não pretende modificar ou contornar os habituais procedimentos de alerta de emergência, nem mesmo substituir o telemóvel, apenas fornece uma ferramenta adicional de segurança.
 
Em Memória de Victor Teni
 
Texto e Imagem, gentilmente cedido por @Canal77radiososmontanha, adaptação por Lidercom-Web.